quinta-feira, 17 de Julho de 2014

Negócio Verdes: Círculo Bio


Estamos de volta aos Negócios Verdes, hoje com a loja online Círculo Bio! Apesar de nem todos os produtos serem veganos (já vos digo quais são), os veganos são maravilhosos. A particularidade que eu gosto nesta loja é o “faça você mesmo”: pode aprender a fazer champô para o seu cão, exfoliantes e vários outros produtos comprando apenas alguns ingredientes que dão para tudo! Para além disso tem maquilhagem excelente, que não é uma coisa fácil de encontrar por aí! Fiquem a conhecer este projecto e inspirem-se!




Produtos com certificação Vegan:
- Todos os produtos da marca Bentley
- Pastas de dentes Urtekram (adoro esta marca!)
- Produtos da marca Living Naturally
- Femmecup (recomendo vivamente!)
- Os sabonetes líquidos e sólido Dr. Bronner, bem como os sabonetes Shikakai e as loções corporais




 Produtos que não têm ingredientes de origem animal mas não possuem certificação vegan:

- Dentro da marca Australian Bush Flower - os vaporizadores corporais e ambientais, o sérum de limpeza facial, o creme esfoliante facial e corporal e o gel reafirmante.
- Dentro da marca Nourish - todos os produtos
- Dentro da marca Zao:  as máscaras, as sombras, a base fluída, o pó compacto, o blush, o eyeliner.
- As pastas de dentes da marca Jack n' Jill
- Desodorizantes Weleda
+ as infusões, óleos essenciais, óleos vegetais (ou seja o separador saúde e bem-estar)
+ as matérias primas (com excepção da cera de abelha)





- O que é o CÍRCULO BIO?


O Círculo Bio é uma loja online de produtos naturais e biológicos. Lá podem encontrar produtos de cuidados pessoais, maquilhagem, produtos para a casa, óleos essenciais, difusores, infusões, produtos que permitem criar uma horta de ervas aromáticas e microvegetais biológicos dentro de casa e matérias-primas para que possam aventurar-se a criar produtos originais. No nosso site e redes sociais disponibilizamos receitas para que as pessoas possam criar produtos saudáveis e ecológicos, dicas sobre a utilização dos óleos essenciais e informações sobre os ingredientes. A maior parte dos produtos têm certificação biológica. As marcas Nourish, Dr. Bronner, Zao e Badger têm também a certificação cruelty free (não testado em animais), embora a certificação biológica por si só já garanta que os mesmos não foram testados em animais. Alguns produtos têm certificação vegana como os produtos da marca Bentley, Living naturally, Urtekram, Dr. Bronner e Femmecup. Outros produtos têm certificação comércio justo como os da marca Pukka e também os da marca Dr. Bronner.


-       Quando criaram o CÍRCULO BIO e porquê?

Começámos a trabalhar neste projecto no início do ano passado e lançámos a loja online no início de Março. A nossa procura por uma vida saudável, ecológica, que respeite o planeta e todos os seres que o habitam foi criando em nós a necessidade de determinadas práticas e posturas dentro das quais este projecto de vida se enquadra e faz todo o sentido. Ao valorizamos a nossa saúde e a do planeta, escolhemos produtos de agricultura biológica. Os agricultores que produzem em modo de produção biológica estão a promover a saúde e o bem-estar dos indivíduos, comunidades e ambiente, uma vez que não recorrem a químicos de síntese. Portanto, na nossa pesquisa sobre quais as marcas com que iriamos trabalhar tentámos selecionar marcas com as mesmas preocupações que nós e com certificação biológica. A certificação biológica além de garantir a qualidade de um produto desde a escolha dos ingredientes ao processo de fabrico, garante também que os mesmos não são testados em animais, outra das nossas preocupações. Além disso o modo de produção biológica respeita os ciclos biológicos, promovendo a biodiversidade, oferecendo aos animais condições de vida e uma alimentação de acordo com as suas necessidades fisiológicas e dando ao Homem a possibilidade de trabalhar de acordo com os ritmos naturais e em harmonia com a terra e os seres vivos.



-       E como começou o CÍRCULO BIO?

Há já alguns anos que tentamos adoptar um estilo de vida mais saudável e ecologicamente sustentável, por isso já tínhamos feito algumas pesquisas relativamente a marcas com as mesmas preocupações que nós. Continuamos essa pesquisa, fomos a Inglaterra a uma grande feira de produtos naturais e biológicos onde conhecemos várias marcas e onde pudemos contactar directamente com os criadores das mesmas. Tentámos seleccionar produtos para toda a família e para a casa e escolher marcas com certificação biológica. Depois passamos à acção e à criacção da loja online o que ainda demorou alguns meses.

-       Quanto tempo dedicam ao CÍRCULO BIO por dia?

Temos dedicado o máximo de tempo possível, todos os dias da semana. Começámos por volta das 9h até às 12:30 e depois das 14h até termos acabado as tarefas a que nos propusemos para esse dia, o que muitas vezes implica acabar às 22h ou mais tarde.


-       Quanto tem crescido ao ano?

Como apenas começamos em Março deste ano não temos ainda uma resposta para esta pergunta.
 -       Qual a vossa estratégia para fazer crescer o CÍRCULO BIO?

Para já temos participado em mercados locais onde podemos contactar diretamente com as pessoas e divulgar a nossa loja online e os nossos valores. Temos participado também na feira semanal de produtos biológicos certificados que decorre aos sábados de manhã no Mercado Cultural do Carandá em Braga. Acreditamos que é através de parcerias que podemos crescer e consideramos fundamental o espírito de entre-ajuda, por isso temos feito algumas parcerias que nos têm ajudado muito. Pretendemos organizar alguns workshops sobre como criar produtos saudáveis e ecológicos (cosméticos, produtos de limpeza, bálsamos terapêuticos) e outros temas pertinentes. Como temos selecionado produtos para toda a família e para a casa, no futuro queremos também ter produtos alimentares e livros que fomentem um estilo de vida mais saudável.



-       Têm um produto best-seller?

Dentro das várias categorias temos diferentes produtos best-seller. Na categoria cuidados pessoais, neste momento, são o sabonete Dr. Bronner neutro (sólido e líquido) e o creme hidratante renovador de argan da marca Nourish; a maquilhagem tem tido bastante procura, os óleos essenciais biológicos e difusores também. Nas matérias-primas destacam-se os sais e as manteigas vegetais biológicas.



-       Quais são as maiores dificuldades?

Apesar de dinamizarmos as redes sociais e participarmos em acções de divulgação onde tentamos sensibilizar as pessoas para a importância de escolherem produtos biológicos ainda há muita falta de informação. Muitas vezes as pessoas nem dão uma oportunidade a estes produtos pois consideram-nos mais caros. Mais uma vez é a falta de informação que leva a que as pessoas não saibam que apesar de à primeira vista os produtos de agricultura biológica poderem parecer mais caros, os preços dos produtos da agricultura convencional não reflectem os custos escondidos que incluem custos socais (menos postos de trabalho), de saúde (menor valor nutritivo, doenças) e ambientais (poluição, diminuição da biodiversidade, esgotamento dos recursos naturais, maior desperdício alimentar e consequentemente maior produção de lixo). No fundo a maior dificuldade é conseguir passar estas mensagens a muitas pessoas.
 -       E as alegrias/recompensas?

A nossa maior recompensa é quando as pessoas ficam satisfeitas com os nossos produtos e serviço. A nossa maior alegria é podermos divulgar e informar as pessoas sobre práticas mais saudáveis e amigas do ambiente.

-       Que conselhos dão a quem quiser começar um negócio verde?
Uma das coisas que considerámos mais importante é que as pessoas estejam mesmo apaixonadas pelo projecto que queiram implementar, pois haverão muitos momentos de incerteza, falta de motivação, dificuldades e sem se gostar verdadeiramente ou sem se acreditar que se está a contribuir para um futuro melhor será muito difícil continuar.
Nos momentos de incerteza é importante focarem-se em todos os aspetos positivos do projecto, como por exemplo, no caso de um projecto verde, a importância deste para a saúde do planeta e dos seres que o habitam.

Depois também é muito importante fazer parcerias e pesquisar muito sobre o assunto.